terça-feira, 12 de abril de 2011



...Sou aquela que criaste em pensamentos
Fantasia moldada , dançante...
Vestida de cetim ou nua.
Mente alucinada.
Sentidos palpitantes,
Sou aquela que dança...
No compasso de um silêncio.
No descompasso de uma paixão...


(DA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário